sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

O Natal Não se Compra

Por Gabriel Guimarães


Por meses, esperamos essa época do ano. Momento de reflexão e de reunião familiar, o Natal é uma época de renovação. Apesar do que muitos podem alegar, a essência dessa data não é receber presentes, nem festejar banquetes ou então viajar para locais suntuosos. O verdadeiro espírito do Natal encontra-se no amor ao próximo, no sentimento de prezar por aqueles ao seu redor, sejam estes vizinhos, parentes, amigos, colegas, ou até mesmo desconhecidos. Infelizmente, nos últimos anos, esse sentimento vem sendo pervertido por luzes mais brilhantes e um consumismo cada vez mais agravante. A cordialidade, o respeito e os momentos íntimos compartilhados que preencheram as obras do artista norte-americano Norman Rockwell no começo do século XX parecem ficar cada dia mais distantes da nossa realidade social.

O blog Quadrinhos Pra Quem Gosta gostaria de apresentar as ocasiões em que essas festividades foram retratadas na arte sequencial, porém, isso será feito posteriormente. Partindo dos pilares nos quais essa data se sustenta e algumas das grandes obras a retratar o sentimento por trás de tudo isso, como o filme "A Felicidade Não se Compra", de 1947, que inspirou o título desta matéria e alavancou as carreiras do diretor Frank Capra e do excelente ator James Stewart, o objetivo da matéria do dia é relembrar um pouco a essência do Natal.

Tirinha da Mônica que
ilustra bem a essência do Natal

O Natal não se resume à oportunidade de comprar as edições de luxo lançadas pelas editoras com desconto nas livrarias, ou mesmo torcer para ganha-las de presente de amigo oculto. O Natal não é recurso para o comércio se aquecer no fim de ano, mas sim cenário para novas histórias acontecerem, fonte de aquecimento não para o talão de cheques, mas para os corações e pensamentos. O Natal não é época de nos fecharmos dentro de nossas casas, ignorando o mundo que há lá fora. Trata-se justamente do oposto. Tal como afirmado no antológico episódio "A Noite dos Humildes", da clássica série de televisão "Além da Imaginação", de 1959, o Natal não pode ser apenas mais uma noite que reforce que enquanto algumas crianças ganham presentes demais, outras passam necessidade. O Natal é para ser uma época de dedicação ao próximo, tal qual foram as ações daquele que é a essência dessa data, Jesus Cristo. Essa época é para nos lembrar que precisamos às vezes sacrificar um pouco de nós mesmos para levar o bem a todos aqueles que precisam dele, tal qual Cristo sacrificou tudo por todos nós.

É difícil, talvez, resumir tamanho sentimento dessa data tão especial em poucas e frágeis palavras, mas é preciso tentar lembrar tudo que há verdadeiramente por trás desse momento no qual nos encontramos no ano. Todos desempenhamos um papel nesse processo, e gostaria de abrir aqui um questionamento que de forma alguma visa criticar ou mesmo denegrir ninguém, mas que é fundamental: O que você tem feito pelo seu próximo ultimamente?

Sorria mais, ame mais. Os quadrinhos, que são o elo pelo qual praticamente todos estão ligados aqui no blog, costumam ser de uma leitura pessoal, individual, mas essa época representa um tempo de dividir experiências, sentimentos, compreensão. Gostaria de propor, dessa forma, aqui mais uma sugestão para esse fim de ano de todos os muitos amigos do blog: Leiam em parceria, convidem alguém com quem vocês tenham convívio diário ou até mesmo pessoas que vocês percebam que precisam de maior atenção, e leiam uma história em quadrinhos juntos. Não importa o gênero, não importa a quantidade de páginas, não importa nem se conseguirão ler toda uma grande saga juntos, mas este aspecto é que é o mais importante dessa proposta do Quadrinhos Pra Quem Gosta: estejam juntos, unidos. 

Gostaria de desejar, portanto, um Natal maravilhoso a todos os muitos parceiros e amigos que acompanham o blog, e confirmar que continuarão havendo matérias esse ano, inclusive, no dia de natal, com o tema que foi comentado no início da matéria de hoje. Ainda nos falaremos muito neste ano especial que é 2011, mas gostaria de desde já reforçar o desejo de conquistas cada vez maiores a todos vocês, leitores queridos, e que seus dias de Natal sejam preenchidos com muita alegria, comunhão e de muitos quadrinhos.



FELIZ NATAL!

6 comentários:

Nano disse...

Feliz Natal e Ano Novo para você também! Tudo de bom nesse ano que se inicia

Maria Clara Modesto disse...

Matéria excelente! Adorei a proposta de nesse Natal lermos em parceria. Precisamos adquirir o hábito da leitura ainda na infância.

Feliz Natal para vc e sua família também!

* Andhora Silveira * disse...

Feliz Natal! Gostei muito de seu post... que todos compartilhem da verdadeira essência do Natal. :)

Emerson Lopes disse...

Belo texto! Feliz Natal, Gabriel!

http://emerson-lopes.deviantart.com/gallery/#/d4k26si

Bongop disse...

Bom Natal para ti e para a tua família!
:)

Abraço

Luciana Cristian disse...

Ótima matéria. Gostei da parte sobre ler uma HQ em parceria rs

Feliz Natal pra você também!

:D